Bolsas nacionais inspiradas em It Bags

16 de Abril de 2014

Você já passou por uma vitrine de uma loja, viu uma bolsa e teve a sensação de já ter visto um modelo semelhante antes? Isso tem acontecido cada vez mais, e eu tenho notado cada vez mais lojas se inspiradas em modelos de bolsas de grife para fazerem modelos semelhantes.

Fiz uma seleção de algumas semelhanças que encontrei, todas são coleção nova e estão a venda (lembrando que os valores em $ estão em dólar):

bolsas-inspired-1 Imagem da bolsa da Corello do Just Lia (obrigada por deixar eu usar).

bolsas-inspired-2

Esse último modelo da Schutz eu cheguei a experimentar na loja, porque o que me chamou atenção é que é o mesmo material da LV, que chama Canvas, é uma lona impermeável, e não couro como muitos acham. Mas acabei desistindo, mas até dentro é vermelho e tem as alças nas laterais para fechar mais.

bolsas-inspired-3

Esse modelo da Jorge Alex eu tenho e já apareceu no look do dia. Alguns modelos tem leves inspirações, outros são idênticos mesmo. Eu não acho isso chato, tanto que tenho uma dessas bolsas citadas acima. Porém, é aquela coisa, quem conhece as bolsas vai saber de cara em qual modelo é inspirado. Mas se você não liga, então deve usar sem se preocupar.

O que eu queria entrar em questão é que, pra que copiar os modelos? Concordo que uns fazem tanto sucesso que as marcas se inspiram mesmo, quantos modelos de Chanel você já não viu por aí? Mas eu fico pensando, não é chato você copiar o modelo de um designer famoso ao invés de criar seu próprio modelo? Porém, o lado bom é que se você é apaixonada por um modelo de it bag, mas não quer pagar uma fortuna por uma bolsa, pode optar por bolsas nacionais (as vezes nem tão baratas, mas todas de qualidade, isso eu concordo) e aproveitar o modelo que você curte.

Quero muito saber, o que acham disso?

postado por
Priscila Paes

It Bags: Noé Louis Vuitton

10 de dezembro de 2013

noe-louis-vuitton-1

A bolsa Noé da Louis Vuitton tem sido a queridinha do momento. Ela tem um modelo bem diferente, é em formato de saco com alças longas.  Não acho tão prática por ter uma fita para abrir e fechar, mas acho ela um charme, um modelo super diferencionado e totalmente fora do convencional.

A Noé é a segunda bolsa mais antiga da marca, ela foi criada em 1932 para um produtor de champagne que procurava uma bolsa resistente para carregar até 5 garrafas da bebida. Desde então, o modelo ficou famoso e voltou com tudo nesses últimos meses.

noé-louis-vuitton-3

A Noé tem em quatro tamanhos:

noe-louis-vuitton-tamanhos

A Noé mesmo é grandona, não faz meu estilo e não gosto muito. A Noé BB é um tamanho ótimo e cabe muita coisa dentro. A mais fofa, sem dúvida, é a Petit Noé NM, apesar de pequena, dá pra guardar bastante coisa nela, acho que é a minha preferida de todos os tamanhos. A Noé PM eu não achei foto usando, mas é menor que a Petit Noé.

As padronagens depende do tamanho da bolsa que estão disponíveis:

noe-louis-vuitton-2

noe-louis-vuitton-padronagens

O material Canvas é um tipo de lona impermeável e resistente. Ele lembra couro, mas não é. O meu preferido é o Canvas Monogram, acho que é uma das únicas bolsas que gosto nessa padronagem, e as coloridas Canvas EPI.

Preços:

noe-louis-vuitton-preço

Como todos os preços da LV, se somado os impostos e o valor do dólar (que está bem alto), acaba compensando comprar no Brasil pois a diferença é pequena. A diferença fica entre R$200 e as lojas do Brasil parcelam em até 3 vezes. Levando em conta o preço alto da bolsa, acho a diferença pequena, ainda mais se você não for viajar. Não é aquele roubo todo de diferença, sabe?

Mais fotos para se apaixonar pela bolsa:

bolsas-noe-lv

Mas…

Se você não quer gastar tanto em uma bolsa, existem várias opções mais baratas a venda nesse mesmo modelo:

bolsas-inspired-noe

Para comprar: Bolsa Preta Carmen Steffens | Bolsa Verde Militar Amo Muito | Bolsa Cinza Asos | Bolsa Preta Ebay

O que vocês acham desse modelo? Acham que vale a pena investir em uma Louis Vuitton ou preferem uma mais barata?

Eu estou amando esse modelo por culpa da G do Borboletas na Carteira que falou tanto dessa bolsa que comecei a ver com outros olhos. A G quer a amarela, eu já ficaria com a tradicional com monogramas.

Leia também:

postado por
Priscila Paes

It Bags: Neverfull ou Speedy?

18 de novembro de 2013

speedy-neverfull-comparação

Os clássicos da Louis Vuitton ainda deixam dúvidas de qual escolher: Speedy ou Neverfull? Não é a toa que são os modelos mais vendidos da marca, já que são práticos, ideias para o dia a dia e são os modelos mais simples e acessíveis. Nesse post vou falar um pouco de cada modelo para ajudar você a se decidir qual investir.

Apesar de só ter o modelo Speedy, eu tenho namorado muito a Neverfull e conversei bastante a respeito desse modelo com a G do Borboletas na Carteira.

Falando sobre os materiais…

louis-vuitton-materiais1

Os tradicionais são os modelos em canvas, que é um tipo de algodão impermeável. Sem dúvida, meu preferido é o Ébéne, acho que é mais neutro e combina com tudo. Os detalhes da bolsa são feitos em couro. Ele não é tão duro quanto o couro, mas não é tão macio, é um meio termo. Ele é extremamente resistente, não mancha, não molha e protege todos seus pertences.

O modelo Speedy só é encontrado nessas três opções, as outras abaixo são exclusivas da Neverfull:

louis-vuitton-materiais2

Eu amo o Idylle na cor Fusain, acho extremamente lindo. Sem dúvida, optaria por esse material e acabamento se fosse escolher nesse modelo.

louis-vuitton-materiais3

Há pouco tempo a marca lançou a Neverfull em cores vibrantes e fortes.

NEVERFULL:

neverfull-louis-vuitton

A Neverfull é como se fosse uma bolsa em formato de sacola. Ela é muito prática se você gosta de bolsas para usar no ombro sem se preocupar. Ela é espaçosa e tem em três tamanhos, PM, MM e GM, que você escolhe de acordo com o seu gosto e seu tamanho. Pra mim, eu escolheria o MM, já a G usa o GM.

Ela contém um bolso interno para guardar objetvos menores e seu fecho é simples. Esse é o ponto negativo dela, ela não tem zíper para fechar por inteiro, a bolsa fica semi-aberta. Na lateral dá pra ajustar a bolsa e deixar ela mais fechada. Mesmo assim, ainda sinto um receio por deixar tudo aberto e acabar perdendo alguma coisa. Quem tem não reclama disso, acha que o fecho e as laterais são suficientes para não perder nada.

Ponto positivo: dá pra pendurar no ombro e ficar com as mãos livres.

Ponto negativo: não tem zíper para fechar por inteiro.

neverfull-louis-vuitton-usando

SPEEDY:

speedy-louis-vuitton

A Speedy é o modelo de bolsa baú. Apesar de parecer pequena, ela também é extremamente espaçosa e cabe tanta coisa quanto a Neverfull. São três tamanhos: 25, 30 (a minha) e 35.

Porém, as alças são menores e só permitem ser carregadas pelo braço, não dá para pendurar no ombro. O fecho dela é com zíper, o que eu gosto muito porque não tem perigo de cair nada. Uma coisa que as vezes me incomoda é que eu acho o zíper pequeno, as vezes é difícil achar alguma coisa dentro.

Ponto positivo: tem zíper para fechar.

Ponto negativo: não dá pra pendurar no ombro e ter as mãos livres e a abertura é pequena. 

speedy-louis-vuitton-usando

Os preços praticados no Brasil e nos EUA:

neverfull-speedy-preços

Tanto nos EUA, quanto no Brasil, a Speedy é um pouco mais barata, não sei dizer o motivo. Mas ambas são na mesma faixa de preço. O preço de cada país varia um pouco, mas não é nada que seja muito diferente. Somando a taxa de imposto dos EUA (que não está no preço acima, já que varia de cada estado) e convertendo para o real, acaba dando uma diferença de R$200 a R$300, o que eu não acho muito, já que no Brasil temos a opção de parcelar nas lojas (em até 3 vezes), enquanto nos EUA as vendas são somente à vista.

Claro que são bolsas caras, mas é aquela coisa, é um investimento. Uma bolsa dessa vai te durar por anos, já que são resistentes. No geral, a escolha do modelo vai do que você prefere: pendurar no ombro e ter maior mobilidade, ou proteger as coisas com zíper. Pra mim, essa é a principal diferença. Fora que são modelos diferentes, vai do que você gosta. Como eu amo bolsa baú, acabei preferindo investir na Speedy, mas confesso que ando pensando muito na Neverfull, já que vejo o quanto eu uso a minha Speedy, na qualidade dela e no quanto ela vai durar. Depois de adquirir ela, há um ano, não tenho comprado mais nenhuma bolsa, tenho preferido economizar e investir em uma bolsa melhor, pois vai durar por muito mais tempo.

Obs: existem outros modelos que compensam os pontos negativos, a Neverfull tem uma versão com zíper, enquanto a Speedy tem uma versão com alça maior para por no ombro. Mas como são mais caras, acabei não colocando na comparação dos modelos mais simples e tradicionais.

neverfull-speedy-g-pripoka

A G do Borboletas na Carteira está usando a Neverfull GM e eu estou usando a Speedy 30. Ps: e a pose igual nas fotos? Rs

Qual vocês preferem? Neverfull ou Speedy? 

Se você ama bolsas não esqueça de ler outros posts sobre o assunto:

postado por
Priscila Paes