O novo sistema dos Correio e da Receita para compras internacionais

09 de abril de 2014

correios-receita-federal

Essa semana, saiu uma matéria no Estadão, falando sobre o novo sistema que está para ser implantado no Brasil da Receita Federal em parceria com os Correios para aumentar a fiscalização (e tributação) de encomendas internacionais.

O motivo é o grande aumento da demanda das compras nos últimos meses, cerca de 40%  a mais comparando o mesmo período do ano anterior. Atualmente, o país recebe cerca de 1,7 milhão de encomendas internacionais por mês, no ano passado (em Março de 2013) a remessa era de 1,2 milhão por mês. É pacotinho pra caramba, né?

Atualmente a tributação funciona da seguinte forma: quando chega uma remessa, eles escolhem manualmente alguns pacotes para passarem por análise e serem, ou não, tributados. Quando são tributados, você recebe uma notificação dos Correios na sua casa informando o valor a ser pago e o endereço do Correio para retirada do produto. Em alguns casos, eles até cobram uma multa diária pra encomenda “ficar a sua espera“. Então é questão de sorte fazer parte ou não dessa amostragem. Preciso mencionar que acho um absurdo essa notificação, por diversas vezes eu recebi no dia anterior do vencimento (depois de um tempo sua encomenda volta ao remetente se não for retirada) e até mesmo deixei de receber a notificação e veio um telegrama me informando que havia uma encomenda a ser retirada com urgência. O motivo? As intermináveis greves que estão acontecendo que as cartas chegam atrasadíssimas, quando chegam. Inclusive, meu CEP foi inserido no meio daqueles de que os Correios só vêem se tiverem escolta policiar. E olha que eu moro num bairro sem violência em Campinas do qual nunca ouvi uma história com problemas. Até conversei com o carteiro que sempre vem aqui (me conhece já, meu brother, rs) e ele disse que também não entendeu o motivo. Resultado? Os Correios estão vindo uma vez por semana e as vezes a cada 10 dias aqui, porque é quando tem disponível alguma viatura para fazer a escolta.

O que eles querem fazer é automatizar essa fiscalização. O sistema, que deverá entrar em teste a partir de Setembro desse ano, irá criar uma forma de que todos os sites internacionais enviem diretamente para a Receita todas as informações da compra. Assim, será possível já saber  o valor da tirbutação, pagar pela internet e receber a mercadora em casa normalmente. Acho legal a parte de receber em casa e não ter que enfrentar o Correio, sacar o dinheiro para pagar (tributos só são pagos em dinheiro) e talz. Porém, acredito que 100% das encomendas serão tributadas, com exceção de alguns bens como livros, jornais e outros produtos – aqui tem explicando exatamente.

Lembrando que a taxa de tributação é 60% do valor total da compra (incluindo frete), e as vezes pode somar até mais se inclusos os Impostos de Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS), que varia de acordo com o estado. Nesse post eu explico exatamente como funciona hoje uma compra internacional.

A Receita ainda declara dois pontos positivos desse novo sistema: a agilidade para entrega do produto e a comodidade de poder pagar o tributo pela internet e receber a encomenda em casa. Porém, isso não é nada positivo e, sim, necessário. Já pensou os 1,7 milhão de encomendas mensais serem retiradas nos Correios pessoalmente? Onde iriam guardar tanta encomenda? E as filas maiores ainda? E a zona que ia dar?

Como disse, os testes começam em Setembro desse ano e, se forem positivos, entraram em vigor a partir de 2015.

O que eu acho disso? Um absurdo. Vamos pensar:

Porque houve um aumento tão grande de encomendas e compras internacionais? Além da facilidade de comprar sem sair de casa, você ainda está economizando, já que está pagando preços bem mais baratos dos praticados no Brasil (sabemos que produtos importados são caríssimos devido aos impostos). A internet está cada vez mais acessível a todos e o brasileiro tem perdido mais o medo de comprar fora. Alguns sites vendem tanto para o Brasil que oferecem facilidade como pagamentos por boleto, e até mesmo o Paypal hoje em dia aceita cartão nacional para compras no Ebay.

Ou seja, para conter esse aumento, eles preferem aumentar a fiscalização das encomendas e tributos das nossas compras, ao invés de rever e tentar melhorar os impostos de produtos importados para comprarmos no Brasil. Recentemente a MAC baixou os preços dos seus produtos, chegando a competir com marcas nacionais, a Forever 21 veio para o Brasil com preços quase semelhantes aos dos EUA (também para competir com fast fashions nacionais). Isso incentiva o consumo dentro do país, como eles querem. Então não seria mais fácil o governo facilitar esses impostos para consumirmos aqui dentro? Ou será que eles querem que usufruímos de produtos nacionais? Algumas marcas chegam ser até mais caras que produtos importados. Por exemplo, tem base da Contém 1g que é muito mais cara que uma base da MAC, importada.

Compro em sites internacionais há mais de 5 anos e posso dizer que fui tributada 1 em cada 15 compras. Existe o risco, mas ele é pequeno. E agora? Será que valerá a pena ainda comprar fora? Alguns produtos sim, mas a maioria acredito que não. Recentemente fiquei chocada porque fui taxada em uma compra no Ebay de um espelho de mesa, desses que usamos para maquiar. Paguei cerca de $40 dólares e fui taxada. Quem taxa um espelho? Um espelho, meu! Ainda assim, valeu a pena, já que um espelho desses chega a custar quase R$200 em lojas daqui.

Pra mim, talvez valha a pena guardar o dinheiro para viajar (já que dependendo do destino, sai mais barato ir para os EUA do que viajar dentro do Brasil) ou então encomendar com parentes e amigos (e até algumas meninas que trabalham com encomendas) para quando viajarem pra fora.

O que acham disso?

postado por
Priscila Paes

Comentários

    Thalita disse:

    Pri, concordo totalmente com vc, isso é abuso! Recentemente em uma reportagem que vi de um Jornal bem conhecido foi feita uma pesquisa e pela 4ª vez seguida o Brasil (30º lugar) aparece entre os 30 países do mundo em que mais cobram impostos e adivinha, é o que menos dá retorno à sociedade… até onde vamos parar?

    Priscila Paes disse:

    Pois é! Absurdo!

    Michele Amaral disse:

    Pri, concordo plenamente com você. Ao invés de facilitarem ou encontrarem uma solução que beneficie a todos, o governo só sabe querer arrecadar mais e mais pra si. Ainda se víssemos algum retorno desses impostos, mas né? Cadê? Fico indignada com esse tipo de atitude. Nunca fui taxada em compras internacionais, mas nunca comprei valores muito altos. Confesso que agora dá medo até de comprar uma capinha de um dólar e ser taxada. O jeito é fazer o que você disse, juntar dinheiro e viajar ou então encontrar uma boa alma que trabalhe com encomendas e não cobre uma fortuna por um produto. Beijos!

    Priscila Paes disse:

    Absurdo né?

    Giseli disse:

    Absurdo! Espero que pelo menos as mercadorias cheguem rápido. Hoje elas demoram 7 dias para chegar no Brasil e ficam mais de 30 paradas em Curitiba.

    Priscila Paes disse:

    Demoram até mais que isso, viu!

    phableny disse:

    Bom Dia Priscila,eu fico assustada com tanta roubalheira nesse pais.Tudo eles querem nos prejudicar,e cobrar mais caro.É um absurdo!Meu Deus esse pais precisa de uma reforma urgente.Concordo com tudo que voce disse e acho tambem que melhor seria eles abaixassem os precos aqui no brasil e ai sim nos comprariamos mais coisas nacionais.Parabens pelo post.Um abraco.

    Priscila Paes disse:

    Pois é! Um absurdo, né? =(

    Kelli Campos disse:

    Sinceramente,nao gosto desta tributação, e evito ate comprar em sites internacionais por isso!!!Já pagamos um absurdo em impostos nas lojas físicas e quando compramos pela internete é pq queremos algo mais em conta!Aí vem o “governo” e tributa algo que a gente escolheu para economizar? É frustrante!!!

    Priscila Paes disse:

    Pois é! Dá uma raiva né? =(

    Franci Pacheco disse:

    Acho um absurdo, um abuso, um desrespeito, cada vez fico mais indignada com esse país :@

    Priscila Paes disse:

    Eu também :(

    Gabriela disse:

    http://bjc.uol.com.br/2014/01/30/a-justica-decidiu-compras-abaixo-de-100-dolares-nao-podem-ser-tributadas/

    Acredito que mesmo com esse novo sistema, a compra com valor abaixo de 100 dólares continua sem ser tributado..

    Priscila Paes disse:

    Então, eu vi isso e até postei aqui no blog, mas me falaram que essa legislação é muito antiga e não vale hoje em dia. Não sei, fiquei confusa. =(

    Cami disse:

    Eu concordo com vc totalmente Pri… é um absurdo!!! Ao invés de se preocuparem com a nossa carga tributária em compras nacionais que é algo surreal, querem é arrecadar mais inventando mais essa moda. Pelamordedeus!!!
    Eu só fui tributada uma vez de todas as compras que fiz, mas foi uma compra que pedi entrega por fedex, então eu sabia que ia ter imposto e já estava preparada. As outras compras (tanto dos EUA qto da China) nunca foram tributadas e eu tomo cuidado pra não exceder as 50 doletas… mas ninguém tá livre mesmo, a exemplo dessa sua compra de 40 que foi taxada… que absurdo!!
    Bjoka
    Cami (www.superbonitasbycami.com.br)

    Priscila Paes disse:

    Pois é! Concordo que podiam diminuir os impostos de produtos naturais, né? Assim incentivam o consumo aqui.

    Eu acho isso tudo um absurdo! Não consigo entender o porque que para eles é mais fácil aumentar o risco de sermos taxadas do que diminuir o valor dos imposto. Está ficando cada vez mais barato ir Pra fora fazer compras, do que comprar aqui! Sinceramente eu não concordo com o imposto brasileiro!!

    Priscila Paes disse:

    SIM, tem passagem pra Orlando muito mais barata do que ir pro Nordeste. Fora que alimentação e hospedagem é muito mais barato também, né? Acaba compensando viajar mesmo.

    Luna disse:

    Revoltada com isso! Sério!! Será que já não é um absurdo a quantidade e o valor dos impostos que pagamos em tudo!!! Essa m*** de país que só sabe lucrar em cima da população. tudo aumenta, imposto, taxa, inflação mas o salário continua ima miséria! Tornar os preços dos produtos nacionais mais acessíveis e convidativos (porque convenhamos os preços de alguns produtos aqui são uma piada, ou melhor, um assalto!) Frustrada com a imbecilidade das pessoas que governam esse país, tentando sempre tirar mais e mais, roubar mais e mais! Sério, com certeza, esse novo sistema de roubo vai entrar em vigor.. será que não tem nada que possamos fazer além de lamentar?!

    Priscila Paes disse:

    Não sei, talvez parar de comprar fora e também parar de comprar aqui, né? É tudo caro, até mesmo os produtos nacionais. =(

    Anandrielle Ferreira disse:

    Isso é ridículo! 1º: os Correios muitas vezes NÃO avisam que a mercadoria foi taxada. 2º: Se querem inibir as compras internacionais, deveriam dar outra opção aos consumidores, já que os preços praticados no Brasil são absurdos. 3º: A população não tem, sequer, onde reclamar. Isso é imposto e nós nem temos a chance de contestar.

    Priscila Paes disse:

    Foda né? =(

    Daiane Coelho disse:

    Revoltada! Concordo com tudo que você falou… Vi essa matéria ontem no FOLHA DE SÃO PAULO e compartilhei… O Brasil é uma piada!

    Priscila Paes disse:

    Absurdo né?

    Ana Paula disse:

    Oi, Priscila! Parabéns pela informações repassadas. Inacreditável esse tributos, os governo só visa lado deles e nosso quepagamos o maior índice taxa do mundo somos o mais atingidos,. Desculpa desabafo!!!bjos adoro seu blog acompanho direto…

    Priscila Paes disse:

    Absurdo né?

    Michely Troyan disse:

    Absurdo total!!! nós brasileiros não temos direito de pagar por algo mais barato…o governo não precisa disso, com o tanto de impostos que já arrecadam…e onde está esse dinheiro? isso é o que mais me revolta Pri..o país que mais arrecada impostos no mundo..e com educação, saúde, hospitais, escolas péssimos..sei que esse papo é clichê…mas totalmente revoltada com essa porcaria de país..somos nós classe média que mais sofremos com tudo isso, infelizmente :( lamentável..

    Priscila Paes disse:

    Pois é :(

    Brenda Dantas disse:

    Odiei saber disso, fui taxada só uma vez até hoje, ainda bem que compro coisas baratinhas mas achei uma sacanagem, os impostos do Brasil são absurdos, talvez se melhorassem isso as lojas viriam para o país e não iriamos precisar comprar fora algumas coisas. Mas espero que pelo menos cheguem rápido, porque eu recebi uma mercadoria esses dias que estava em Coritiba desde de DEZEMBRO, é um verdadeiro absurdo a mercadoria chegar mais rápido da china no Brasil do que de Coritiba a minha casa.

    Priscila Paes disse:

    Caramba! Absurdo né????

    Susana Clemente disse:

    Nossa, obrigada por compartilhar tanta informação! Estou super grata! Beijinho

    Priscila Paes disse:

    Magina =D

    Celia disse:

    Estava demorando né! Absurdo. Se tivéssemos produtos similares e com preços iguais aos internacionais não precisaríamos comprar importados. Por mais que a indústria de cosméticos tenha crescido no Brasil, acho que ainda estamos engatinhando em relação aos produtos estrangeiros. Pra citar um exemplo, olha a quantidade de cores de base e corretivo que as marcas gringas disponibilizam. Temos bons produtos e muitas marcas investiram, mas acho que ainda é muito pouco. As marcas nacionais lançam pouquíssimas coleções e muita coisa tem embalagens bonitas, mas pigmentação fraca e preço alto. E lá ainda tem as makes “de farmácia” pra quem não quer gastar com grifes. Sempre pagamos mais caro por tudo! Olha o caso Playstation. O valor cobrado aqui dá pra pagar as passagens de ida e volta pra Miami e hospedagem num hotel pra comprar o vídeo game lá. Depois não sabem porque foi recorde o número de turistas brasileiros nos Estados Unidos (2 milhões).
    Te acompanho desde as tags no Youtube (perfumes, hidratantes favoritos, etc) quando vc nem tinha blog ainda, portanto sou das véia kkkk. Bjinhos pra vc.

    Priscila Paes disse:

    Concordo com vocie!!

    Eliane Bernardo disse:

    Priscila,
    Vc conhece alguem q trabalhe com essas encomendas q vc mencionou no post?
    Parabens pelo post! Muito informativo!
    Bjs

    Priscila Paes disse:

    Sim, a Dani Pinheiro, a Flavinha Alonso e a Fricotes, tem link de ambas nos sites confiáveis.

    Catarina disse:

    Realmente, comprar aqui??? Produto inferior e mais caro…aff
    Ai, sinceramente? O Brasil ta um LIXO! Ta tudo caro…uma falta de respeito.
    :( Uma pena!

    Beijos Pri

    Priscila Paes disse:

    Pois é :(

    Bárbara disse:

    Realmente viajar e comprar fora é mais vantagem
    Vou juntar dinheiro a partir de agora kkkk
    Bjus linda! Parabéns pela divulgação da matéria!

    Priscila Paes disse:

    Sim, vale mais a pena!!

    Priscila Garcia disse:

    Pri minhas ultimas compras fui taxadas em todas… acredita?! Até em encomendinhas da China. Sinceramente estou desanimando de fazer essas compras internacionais. Ta valendo mais a pena guarda o dinheiro e comprar lá…
    Sempre estou aki vendo seus post. Sempre mto bem detalhados.
    Parabéns pelo trabalho.
    bjao

    Priscila Paes disse:

    Poxa, que pena, hein!
    Pois é, não está compensando mesmo… =(
    Obrigada querida!

    Nunca fiz nenhuma compra internacional,mas é sempre bom ficar informada …

    Lais R disse:

    Eu não tenho nem palavras para descrever a raiva que tenho dos Correios. Já perdi 25 dólares com uma encomenda da Briguettes Boutique que nunca foi entregue… Estou desde outubro de 2012 esperando (mentira, nem espero mais rs) e nenhuma satisfação…

    Priscila Paes disse:

    Ahhhh nem espera viu, infelizmente já era… =(

    Joice Rodrigues disse:

    Eu não tenho tido sorte nas minhas ultimas compras, praticamente todas taxadas, fora a demora depois que dá entrada na Receita. Ontem recebi duas compras que realizei no black friday, poxa 4 meses de espera e ainda fui taxada! Você comentou do espelho, eu tive uma mamadeira e uma bomba de extrair leite, putz uma mamadeira. Se as coisas não estavam fáceis com certeza agora vai piorar muito nossa vida.

    Priscila Paes disse:

    Que pena viu! =(

    Marilia Costa disse:

    Olha Pri, concordo muito com vc, tbm acho um absurdo! Trabalho em uma empresa que presta serviço de atendimento a um site de compras que fica sediado na China há mais de 4 anos e olha, o problema não é o aumento de pacotes. Os pacotes sempre chegam no Brasil (quando de avião, claro) em até 5 dias. Isso mesmo, 5 dias. Daí que até a alfândega brasileira ter a BOA vontade de conferir vai mais de 30 dias na maioria dos casos, tranquilamente.
    Não sou contra pagar os impostos de importação desde que:
    1- O valor dos impostos fosse de fato revertido pra população em geral
    2- O valor do imposto fosse correto, de acordo com o que o produto vale (já vi embalagem – caixinha mequetrefe – de relógio ser taxada em mais de R$150,00
    3- Que isso agilizasse o trabalho da alfândega que invariavelmente confere inicialmente todos os pacotes (que passam por raio-x, etc. tributação é outra coisa, amostragem mesmo, como vc disse).

    Os prazos de entrega aqui sempre foram longos, demais, e continuam, com a tendência de piorar cada vez mais.
    Até pacotes por DHL aqui demora uns 10 dias pra chegar qdo vem da China. O mesmo pacote chega nos EUA em até dois dias. Nossa situação é, pra não dizer pior, ridícula…
    Valeu pelo post informativo! =)
    Beijoss

    Priscila Paes disse:

    Concordo com você! Os Correios daqui são péssimos… =(

    Letícia disse:

    Eu acho um absurdo isso também , mas saiu uma lei que produtos internacionais abaixo de $100 não iam ser mais tributados não é ? Então possa ser que ainda tenhamos uma pequena esperança que isso acontece … E outra eles não podem cobrar o ICMS teoricamente duas vezes na compra … Geralmente esse imposto já é imbutido no valor de compra …

    Priscila Paes disse:

    Saiu, eu até falei sobre isso mas me falaram que não é verdade isso!

    Manu disse:

    Pois é, o negócio é parar de comprar. Não vejo se é nacional ou importado, mas se é bom, se vou usar mesmo e se cabe no meu bolso.. Comprei blush da Vourjois e detestei. O da Avon custa menos que r$ 30 e é o que mais gosto. Via as blogueiras falando de compras e já não achava vantajoso, agora então… Aqui em casa vai rolar um consumo consciente, usar até o fim ou perder a validade, estoque só em viagem e por aí vai. Não é isso que o governo quer?

    Priscila Paes disse:

    Infelizmente né?

    Michele disse:

    Oi Pri.
    Se os correios no Brasil tivessem a metade da qualidade, agilidade e honestidade de alguns correios internacionais seria um milhão de vezes melhor do que é hoje em dia. Acho que o Governo pensa em fazer isso para forçar a população em geral a deixar de comprar em sites internacionais. Na minha opinião isso vai levar os brasileiros economizarem dentro do país para poder fazer viagens intencionais para compras, e quem sai perdendo é o Brasil.
    Dou Graças a Deus de ter oportunidade de morar fora e poder ver de perto o que é um país de primeiro mundo mesmo para pessoas que não são ricas, como eu. O custo de vida é alto sim, mas em compensação você tem acesso a hospitais limpos, organizados e com vagas, boas escolas, ótima infra estrutura nas cidades e um correio excelente, que aqui no Japão funciona 24×7 (24 horas por dia, 7 dias da semana) Taxar compras aqui é raro, se não me engano só se for acima de 500 dólares e mesmo assim a taxa é de 8% o valor da compra. Compro todos os meses em site internacionais a anos e nunca fui taxada.
    O chato é ver o quando nosso país ainda precisa de coisas básicas como um serviço de saúde, educação e até mesmo um correio descente e nenhum político faz essas melhorias.

    Priscila Paes disse:

    Não sei onde você compra, mas nos EUA (dependendo da cidade) o custo de vida é muito menor que do Brasil (comparado com São Paulo) e os recursos são impecáveis. Morro de vontade de morar fora, é algo que quero muito pra mim. Infelizmente o Brasil está cada vez pior. =(

    Juliana disse:

    Pri, arrasou no post!

    Toda vez que lei post como o seu me pergunto: por que eu voltei pro Brasil? Sério mesmo!!!
    Somos roubados descaradamente pelo governo com essa arma chamada imposto! É praticamente ter o bolso estuprado qdo vamos comprar algo importado! E cadê o retorno desse imposto pago???
    Como dizem nas redes sociais: “Devolvam o Brasil pros índios”!!!
    Tá difícil!!!!

    Bjs

    Priscila Paes disse:

    Pois é! Absurdo né? Morro de vontade de morar fora daqui… =(

    Raquel Seifert disse:

    é… o jeito é sempre dar um jeito… #lamentável

    Priscila Paes disse:

    Uma pena!

    Renata Melo disse:

    Estou passaaaaaaada, priscila!! Primeiro com a quantidade de compras internacionais, segundo com os preços praticados no Brasil. É justo que por conta do consumismo, o governo tenha que controlar alguns produtos. O problema é que no Brasil, todos são controlados e além disso, as lojas muitas vezes querem ganhar muito além do preço que paga pela mercadoria não acabada. Hoje em dia, até bases de farmácia são caras ao extremo. Eu não tenho como pagar R$ 100,00 em uma base, cujo o preço pratica nos EUA é US$ 7,95. É quase desumano (hahahaha). Mas pagar R$ 150,00 em uma base da Contém 1g ou R$ 60 em uma boticário também não dá.

    Priscila Paes disse:

    Mas as lojas nunca tem culpa dos preços, viu! Quando uma marca vem para o Brasil, ele já envia o “preço sugerido” de venda, e ele altera pouco em cima disso. A culpa mesmo são dos impostos. Acho que a Maybelline e a MAC são as únicas que estão diminuindo seus lucros, baixando os preços aqui. =(

    Pri, PARABÉNS pelo post! Concordo com você em tudo que disse.
    É completamente revoltante! Pagamos impostos de primeiro mundo, e não temos metade como retorno. A única palavra em que eu consigo resumir tudo isso é, SAFADEZA! :@

    Priscila Paes disse:

    Absurdo né? Dá uma raiva! =(

    Fernanda Francischinelli disse:

    O que eu acho que você poderia ter enfatizado no texto e não foi comentado (foi apenas linkado) é que comprar de até 50,00 dólares entre pessoa física e pessoa física e transportado por meio postal (correios) estão isenta de ser tributada. Como o aumento muito grande se deve ao fato dos brasileiros terem descobertos sites como o Aliexpress e afins, a tributação quase não vai se valer nessas pessoas, já que os chinesinhos são espertos e sabem como enviar…

    Priscila Paes disse:

    Mas tem no link de guia de compras internacionais! =)
    Mas eu fui taxada no Ebay de Chines numa compra menor de $50 dolares. Os Correios estão espertinhos!

    Paola disse:

    Achei seu comentario totalmente pertinente, inclusive ao citar marcas nacionais que praticam preços de importados (os quais carregam impostos). Desculpe minha franqueza (que pode inclusive lhe parecer fora de ética), mas já vi alguns casos em que blogueiras defenderam tais preços absurdos (obviamente pensando no patrocinio). Acho que o blog, acima de tudo, precisa ser verdadeiro e honesto com seus leitores, pois estes estão atrás de informações que podem ser passadas por vocês. Parabéns!

    Priscila Paes disse:

    Pois é. As vezes até me assusto com alguns preços nacionais! =(
    Obrigada pela confiança!

    Izaura disse:

    Muito simples: anule seu voto, vote em quem REALMENTE MERECE, evite comprar no Brasil…vamos fazer presssãoooooo…aí eles vão ver quem ter poder…O brasileiro é muito acomodado nessa questão de boicote!! MULHERES UNIDAS JAMIAS SERAO VENCIDAS!!

    Priscila Paes disse:

    Infelizmente =(

    Mari disse:

    Ai que raiva disso! O pior é que nem adianta pensar em deixar pra gastar nas viagens porque a Receita está apertando a fiscalização! Semana passada duas amigas foram tributadas voltando dos EUA!! Até sapato velho queriam tributar!!!
    O pior é que o serviço dos nosso correios é tão ruim que não dá vontade de comprar! Tenho várias compras que nunca chegaram!!! E tenho certeza que foram enviadas!!

    Priscila Paes disse:

    Jura? Que horror isso! =(

    chris disse:

    Na minha opiniao, o alto preco dos produtos brasileiros esta associada aos impostos, burocracia, tecnologia devassada e ganancia dos empresarios. Todo mundo quer ganhar muito e gastar pouco. Oferecem servicos e produtos ruins e cobram precos absurdos. Aqui, na Europa por exemplo um refil dermacolor custa 4 euro, no Brasil custa 90 reais. Entao, vai me dizer que so imposto?

    Priscila Paes disse:

    Pois é! Absurdo né?

    Fernanda Francischinelli disse:

    Se o pacote veio com remetente pessoa física e vote também comprou como pessoa física, tem o direito de ir atrás e ser indenizada por cobrança indevida.

    Gabriela disse:

    O Brasil é um país difícil. Nós vemos o tempo todo os absurdos da corrupção e dos impostos, e até tentamos protestar, reclamar, fazer como você fez, se manisfestar através da internet. Mas parece que nada nunca acontece. Isso é frustrante! Só eu que estou cansada disso? E olha que eu só tenho 15 anos…

    Priscila Paes disse:

    Não, todo mundo está frustada… =(

    Lara disse:

    Nossa, cada dia esse país ta ficado pior. Não fazem melhoria nenhuma e agora inventam essa para dificultar a compra internacional. Pura palhaçada.

    Priscila Paes disse:

    Cada vez pior né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *